20 de outubro de 2022

Armário inteligente

Não, não estamos falando do mais novo armário tecnológico que limpa e “passa” as roupas. O termo “closet inteligente” ou “armário inteligente” é utilizado de diversas formas, seja em tecnologia ou arquitetura, mas aqui vamos falar de um método de organização e seleção de peças que além de ser visualmente satisfatório, também é rico em praticidade!

O armário inteligente diverge em diversos pontos do armário cápsula, o que possui um número limitado de peças, em geral coringas e mais básicas combinando entre si. O armário inteligente não possui número estabelecido de peças e uma variedade um pouco maior. Então, em que consiste o armário cápsula?

O autoconhecimento é primordial, pois conhecer seu corpo, estilo e ter domínio sobre rotina e quais ambientes frequenta irão guiar a composição do mesmo, além de uma cartela de cores bem definida. A organização é primordial para facilitar a visualização das peças repletas de peças-chave e coringas. Mesmo com estilos diferentes há facilidade em combinar sem precisar passar horas escolhendo o que vestir.

Priorizar a qualidade das peças também é um ponto importante, afinal, a ideia é que as peças combinem entre si já que são da mesma paleta, assim multiplicando a possibilidade de composições e dando uma vida útil longa para cada peça. Comprar uma roupa somente por estar “na moda” e não por fazer parte do seu estilo diminui as chances de você mantê-la como parte do seu armário por muito tempo, ao contrário de uma peça básica ou clássica.

Esse método também facilita na hora de desapegar, pois será muito mais fácil identificar quais peças você menos ou nunca utiliza. Afinal, se no último ano você não utilizou determinada roupa é muito improvável que vá utilizá-la depois. Ter a peça sempre exposta e visível, facilita o seu uso com mais frequência.

*Séfora Guimarães

Tem interesse em receber mais material , se cadastre abaixo:

20 de outubro de 2022