20 de janeiro de 2022

De 2022 aos anos 2000

*  Por Séfora Guimarães

É de conhecimento da maioria que a moda é cíclica. Justamente por isso sempre tem uma peça em nosso armário que ficamos relutantes em nos desfazer, por sabermos que uma hora irá retornar, como é o caso do animal print que por mais que muitos tentem fingir que ela não está ali, chama atenção onde chega.

Não se sabe se foi Lindsay Lohan voltando aos cinemas, Britney Spears sair da tutela do pai ou Paris Hilton se casando, mas até as calças de cintura baixa invadiram as semanas de moda no ano anterior (inclusive temos imagens de referência no artigo sobre brilho e cor). Aos poucos estamos aderindo um pouco do conglomerado de informações que foi a moda dos anos 2000.

Vamos conferir e conversar algumas dessas retrospectivas (se assim podemos chamar) que estão tomando as ruas e redes sociais e que podem cair na sua graça pelo próximo período?

Apesar de pessoalmente estar um pouco relutante, sim, teremos que falar sobre a cintura baixa, que não vem apenas em calças como também em saias micro. Vemos que a geração Z e as redes sociais podem influenciar bastante o mundo da moda.

 

 

 

 

Que tal as maxi bags? Após uma febre de mini e baguetes, o maxi literalmente abraça os looks. Para quem nunca abriu mão das eco bags diante das tendências, não sentirá muita diferença nas composições dos looks, exceto pela enxurrada de designers e cores que virão. A praticidade para quem precisa sair de casa preparado para tudo será a mesma. Já para quem se acostumou a sair de casa com o celular, power bank, cartão de crédito e um lip balm, pode ser uma adaptação um pouco mais difícil.

Se você aderiu à bermuda biker, não terá uma adaptação muito difícil em fazer composições com legging. Apesar da peça carregar o ar de academia e aerolook, as novas releituras continuam seguindo a regra de praticidade e conforto.

E ainda falando sobre calças, deixamos por último mas não por ser menos importante as calças cargo. Podemos brincar que foi uma consequência natural dos fatos, primeiro tivemos a jogger, em seguida a mom jeans, pantalonas, wide legs, slouchy jeans, a próxima certamente seria cargo. Lembra o que falamos logo no início sobre moda cíclica? Apesar de as composições nas redes ainda serem muito iguais, o leque de possibilidades de composições é imenso.

Poderíamos falar sobre várias outras tendências como capri, cintos grandes, maxi anéis e sandálias de plataforma, gladiadoras, maxi cintos, acessórios de corpo e uma infinidade de outras coisas que podemos falar uma próxima vez. Alguns desses itens já fazem parte de nosso dia a dia, apenas recebendo releituras ou novos designs, certamente quem adere uma tendência ao seu estilo pessoal nunca abre mão dela, faça chuva ou faça sol, isso que torna uma presença tão marcante. Quais das peças que falamos aqui já fez parte ou ainda faz parte do seu armário/closet? Conta para a gente!

 

 

Tem interesse em receber mais material , se cadastre abaixo:

20 de janeiro de 2022