22 de novembro de 2021

Coleta de resíduos sólidos

O Maceió Shopping é parceiro da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) na realização da campanha  Coleta ON Resíduo OFF, que visa recolher os resíduos eletroeletrônicos, pilhas e lâmpadas para que possam ser descartadas de forma correta.

Depois de percorrer 35 municípios, nas regiões do Agreste, Sertão, Litoral Sul, e Região Metropolitana de Alagoas, recolhendo mais de 31 toneladas de resíduos eletroeletrônicos e lâmpadas, chegou a hora da Campanha desembarcar em Maceió.

Entre os dias 22 e 28 de novembro, o Maceió Shopping  terá um ponto de coleta para que a população possa fazer o descarte destes materiais da forma correta. Pequenos, médios e grandes geradores desses resíduos  podem fazer seu descarte

Além da parceria com o Shopping, a Semarh fará a ação em conjunto com as empresas Bio Digital e Reciclu e a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Lâmpadas (ABREE), responsáveis pela coleta e descarte correto de todo material.

A entrega poderá ser feita entre às 10hh e 22h. Podem ser descartados CPUs e componentes (fontes, placas eletrônicas, memórias, processadores); monitores CRT, LCD, peças complementares (mouses, teclados, estabilizadores, nobreaks, etc), notebooks e acessórios, impressoras, aparelhos telefônicos e celulares, aparelhos de CD / DVD, televisores, cabos e fios em geral, geladeiras, máquina de lavar, fogão, baterias e lâmpadas.

Para aqueles que não puderem levar o material até os locais citados, haverá o Disk Coleta, onde as pessoas poderão marcar para que tenha seu material recolhido no local indicado por meio do número (82) 3032-3939 para o recolhimento de lâmpadas e o (82) 3013-4478 para o recolhimento dos eletroeletrônicos.

“É uma ação que estamos levando para todo o estado, já fizemos em quatro regiões e consideramos que Maceió merecia uma campanha específica para que a população possa fazer o descarte correto, beneficiando não só o meio ambiente, mas a saúde de toda população”, destacou o secretário do meio ambiente e dos recursos hídricos, Fernando Pereira.

O Brasil é o quinto maior gerador de resíduos eletroeletrônicos do mundo, segundo a pesquisa da Green Eletron, gestora sem fins lucrativos de logística reversa de eletroeletrônicos e pilhas. O descarte incorreto deste material é danoso ao meio ambiente, já que os componentes químicos presentes nestes equipamentos podem levar a contaminação por metais pesados, além de causar danos à saúde pública, aos lençóis freáticos e reduzir o tempo de vida de aterros sanitários.

22 de novembro de 2021